TRÊS MOSTRAS NA EMBAIXADA DA ITÁLIA EM BRASILIA

NOSSOS PATROCINADORES

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

As Belezas da Itália, a historia fotografica da União Europeia e a genialidade dos italianos em mostra na Embaixada em Brasilia. 

A Embaixada hospeda três mostras: a exposição fotográfica “Il paesaggio deScritto” (“A paisagem deScrita”), que conta com 89 imagens do fotógrafo Luca Capuano reproduzindo os Sítios italianos tombados pela Unesco como “Patrimônio Mundial da Humanidade”; a “Even Closer Union”, promovida pelo Ministério das Relações Exteriores italiano para comemorar o 60º aniversário da assinatura  dos Tratados de Roma, que traz uma coletânea de fotografias e documentos sobre a evolução do projeto de integração da União Europeia desde 1957 até a atualidade;  já na terceira exposição “Italiani come Noi” os visitantes percorrem as histórias de homens e mulheres que, por meio de sua atividade de pesquisa, sua criatividade e arte, ao longo dos séculos contribuíram para a difusão e o conhecimento da Itália no mundo. “Italiani come Noi …” narra, nos 16 paneis que compõem a mostra, a beleza da Itália celebrando a genialidade dos italianos que tornaram grande aquele País.

Outra iniciativa foi “Ambasciata porte aperte” (“Embaixada de portas abertas”); para comemorar a proclamação da República Italiana, celebrado no dia 2 de junho, a Embaixada da Itália em Brasília abriu suas portas para visitas guiadas no edifício projetado pelo engenheiro italiano Pier Luigi Nervi. A iniciativa é totalmente gratuita, mas o agendamento para os próximos passeios desse mês já está esgotado.

Construído em 1975, o prédio central da embaixada se sustenta em pilares de concreto aparente, alguns com mais de cinco metros de altura. A leveza das linhas modernistas é reforçada pelos jardins e pela presença da água – em escultura assinada pelo escultor ítalo-brasileiro Moriconi e em espelho d’água margeado por uma escadaria de mármore branco. O sistema de ventilação planejado por Nervi faz com que o espaço até hoje seja mantido sem ar-condicionado.

A embaixada é considerada um “edifício verde” por ter em sua concepção uma preocupação com a sustentabilidade. A embaixada produz a própria energia, por meio de placas fotovoltaicas na cobertura do edifício. Os ambientes amplos também favorecem o uso de iluminação natural.

O acervo da embaixada reúne peças de artistas como Maria Bonomi e Cândido Portinari. O mobiliário também tem peças assinadas, como a longa mesa da sala de jantar oficial, feita pelos irmãos Campana.

( na foto o primeiro grupo de visitantes na Embaixada)

Anuncie no site Itália em MG

Anuncie aqui seus Produtos e Serviçõs

ENVIE SEU MATERIAL OU PEÇA A INSCRIÇÃO NA NEWSLETTER

Envie-nos opiniões, sugestões de matérias, fotos, dicas de eventos para publicarmos no nosso site.

Envie-nos a sua historia, a historia e fotos de sua família ou de sua associação: as melhores serão publicadas.

Peça a inscrição na nossa Newsletter

no e-mail: redacao@italiaemminasgerais.com.br

Topo