“ACESSIBILIDADE: A LITERATURA COMO DIREITO PARA TODOS” NA CASA FIAT DE CULTURA

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(foto Giancarlo Palmesi)

O acesso à literatura é um direito de todos, e é por meio dela que a capacidade criativa, inventiva, a sensibilidade, a informação e a imaginação são estimuladas como formas de comunicação intersubjetiva, de expressão do ser humano e do acesso ao conhecimento construídos pela humanidade.

Assim, partindo do pressuposto de que a promoção da acessibilidade atua como um empenho de se fazer valer o direito humano à cultura e à educação, bibliotecas brasileiras têm investido na educação e na inclusão de todos os membros da sociedade, com a promulgação de iniciativas e atitudes para que todos alcancem os livros nas bibliotecas.

A mesa apresenta especialistas em acessibilidade, que irão discutir sobre o acesso da sociedade à literatura. Será realizada no sábado, dia 8 de outubro, às 14h30, no Espaço Multiuso com mediação de Romerito Costa Nascimento, Coordenador Especial de Apoio e Assistência à Pessoa com Deficiência, da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania

Participam Ana Paula Silva de São Paulo, psicóloga com carreira no terceiro setor há 16 anos com atuação em projetos no Brasil, Estados Unidos e Moçambique. Colaboradora da Fundação Dorina desde 2013, coordena o projeto Rede de Leitura Inclusiva; Carla Mauch de São Paulo, pedagoga, Coordenadora Geral da Mais Diferenças, Empreendedora Social da Ashoka, Líder da Rede de Inclusão Social do Centro de Excelência em Tecnologia e Inovação em Benefício das Pessoas com Deficiência da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência; Glicélio Ramos de Minas, especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho na Fundação João Pinheiro.

O encontro integra a programação especial do Circuito das Letras em parceria com a Escola Internacional Fundação Torino e o Circuito Liberdade.

A Casa Fiat de Cultura fica no Bairro Funcionários de Belo Horizonte, na praça da Liberdade, 10. A entrada é gratuita.